Solar

Solar

domingo, 13 de setembro de 2015

EM SANTIAGO REDUÇÃO DE GASTOS O POVO QUEM PERDE


O executivo santiaguense propõe reduzir o horário de atendimento ao público com o argumento de que com isto reduzirá os gasto, não entendo, sendo que os servidores beneficiados continuam ganhando o mesmo, o que de fato reduz é o atendimento a comunidade, resumindo se trabalha menos e ganha o mesmo.
Enquanto isso no legislativo santiaguense entre picuinhas e debates sem fins construtivos a comunidade, somente críticas ao governo federal e estadual, quanto a gastos, quem rouba mais ou menos, mas quando o assunto é aqui parece que vivemos em outro estado ou país, quando o vereador Sergio Marion do PT propôs para 2017 redução do salário no legislativo e do executivo, poucos foram a favor, quer dizer que em esfera estadual e federal tem que reduzir de fato, mas em Santiago parece que o salário de vereador e de alguns cargos de confiança é pouco, sim, se tem quem defende a não redução de salário acha que ganha pouco, que tal esses coitadinhos viver com salário mínimo ou salário do comercio, acredito que sentiriam o que é ganhar pouco.

Se tem que reduzir gastos, que de fato o façam, não pegou bem para o executivo esse discurso, onde quem perde é o povo em especial as pessoas que moram no interior que tem o dia corrido quando vem a cidade e o horário de atendimento fica reduzido, esta proposta funcionaria se os salários também fossem reduzidos.

Nenhum comentário: