Solar

Solar

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

A greve dos bancários finalmente terminou em quase todo o país


Após 31 dias de paralisação, a mais longa da categoria nos últimos 12 anos, chega ao fim em 12 estados e no Distrito Federal a greve nos bancos em 2016.
Em assembléia realizada nesta quinta-feira, 06 de outubro, os bancários resolveram aceitar a proposta feita pela Federação Nacional do Bancos (Fenaban).
 A greve dos bancários da Caixa Econômica Federal continua em capitais de sete Estados do país nesta sexta-feira (7): Amapá, Bahia, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e São Paulo. Nos demais 20 estados –além do Distrito Federal– a categoria aceitou nesta quinta-feira (6) a proposta da Fenaban.
 Os bancários pediam a reposição da inflação do período mais 5% de aumento real (totalizando 14,78% de reajuste), valorização do piso salarial – no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3.940,24 em junho) e PLR (participação nos lucros) de três salários mais R$ 8.317,90.
Após concordarem com a proposta da Fenaban, os bancários terão 8% de aumento salarial, pagamento de abono de R$ 3,5 mil, reajuste do vale-alimentação de 15% e aumento de 10% nos vale-refeição e auxílio-creche. O acordo proposto pelos bancos tem validade de dois anos. Para 2017, os salários serão reajustados pela inflação (INPC/IBGE), mais 1% de aumento real.
Com a decisão, algumas agências bancárias abrirão normalmente nesta sexta-feira, 07 de outubro.

Nenhum comentário: