Solar

Solar

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Funcionários da RGE decidem nesta sexta se paralisam atividades

Funcionários da Rio Grande Energia (RGE) estão se organizando e podem realizar paralisações em vários pontos do estado nesta sexta-feira, da 2, após assembleia, por conta da proposta de reajuste salarial do próximo ano, feita pela empresa que, segundo eles, não apresenta ganho real.
Os servidores alegam que a empresa ofereceu uma proposta de reajuste de 7,8%, porém, os trabalhadores exigem um aumento real de 8,05% mais 2,31% de acordo com o Índice nacional de Preços ao Consumidor (INPC).
Segundo a categoria a empresa está desrespeitando a classe que já recebe um salário pequeno – menor que o salário dos funcionários das empresas terceirizadas que prestam serviço para a RGE – mesmo sendo umas das maiores empresas do Sul do país.
Segundo um funcionário da concessionária, que não quis se identificar temendo represália, a categoria está revoltada com o descaso da empresa “a classe está revoltada com esse mísero aumento que a RGE está prometendo de 7,8%. É inadmissível isso aí em vista com o aumento que as outras empresas estão dando para o pessoal e a inflação” ressaltou.
Outra questão diz respeito ao Senergisul (Sindicato dos Eletricitários do RS) que faz a negociação entre a categoria e a concessionária. Segundo o funcionário o próprio sindicato estaria de acordo com a proposta da RGE e não estaria dando o suporte necessário a categoria.
Ainda segundo ele os gestores da a empresa estariam convocando colaboradores para reuniões individuais e tentando coagi-los a votar pela aceitação da proposta “os gestores, técnicos líderes da gerência, estão juntando os colaboradores mais novos pra coagir o pessoal a votar sim, aceitar isso aí, amedrontando que se caso não votar sim vão perder os seus empregos e daí o pessoal ficou com medo” finalizou.
Em contato com a reportagem, a RGE informa que está em processo de negociação com Senergisul e aguardará o resultado das assembleias. O sindicato, por sua vez diz estar trabalhando na negociação com a concessionária e uma assembleia está marcada para ás 10h desta sexta onde será colocada à mesa a proposta da RGE.
O delegado presidente do posto da Senergisul em Bento, Fernando Provensi, diz que a assembleia é “soberana” e os funcionários vão votar e decidir “amanhã tem assembleia, a empresa está oferecendo o índice inflacionário, de 8,49%, só que tá dividindo isso em duas partes em, 6% agora e o resto em fevereiro, algumas vantagens, do tipo, salários iniciais de eletricistas e agente comercial, e ficou ainda de discutir algumas coisas, amanhã a gente vai ver isso aí”.

Sobre a coação relatada pelo funcionário, Provensi, disse não haver pressão e relata que o sindicato esteja perdendo a força “o sindicato nunca fez pressão alguma quanto a isso, cada um sabe o que faz, e a gente tem muito pouco associado, olha se a gente tiver aqui em Bento, da ativa que estão trabalhando 30, 40 pessoas se tiver três sócios, quatro e to exagerando, então o pessoal cobra muito do sindicato mas não participa, a gente tá com pouca força, não é mais o que era uma vez o sindicato do eletricitário”. Declarou.
Fonte na integra: João Paulo Kolassa

Nenhum comentário: