Mercado Melo

Mercado Melo

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

JHONATA ALMEIDA: "Momento Musical"

Buenas!
No Momento Musical de hoje, a segunda parte da análise sobre os benefícios que o estudo de Música proporciona a quem segue esse caminho, mais especificamente ao estudo de algum instrumento musical.
Um ponto já citado nos fatores do texto passado diz respeito à percepção, que merece um maior estudo.
Tocar um instrumento musical requer uma distribuição muito detalhada da percepção, sendo que é necessário atentar para o ritmo, o tom, os volumes e a qualidade do som e muitas vezes a sincronia com outros instrumentistas. Se o Músico estiver cantando também, mais fatores entram na conta: além de tudo que envolve “o tocar”, existem as questões do canto: a letra, a melodia, a afinação, bem como os já referidos volumes e qualidades do que se emite.
Tocar e/ou cantar é muito bom para a saúde: não raro se recorre à musicoterapia para tratar autismo, depressão, stress e vários outros problemas, muitas vezes com uso simultâneo a fisioterapias. O prazer que tocar um instrumento proporciona dificilmente se pode descrever: são sensações de satisfação, superação, motivação e orgulho.
No início, conseguir executar um acorde “limpo” em um instrumento musical já é satisfatório; assim, surge a vontade de aprender e fazer mais. Começam a surgir outros acordes...O primeiro ritmo... Os primeiros trechos de uma canção... Mais ritmos...Começa a ser possível reconhecer a “batida”...E assim vai se prolongando um estudo que pode durar a vida toda.
Tocar e/ou cantar acaba sendo uma experiência gratificante para a própria pessoa e possibilita proporcionar prazer a quem rodeia o instrumentista/cantor; a partir disso, aparecem várias outras questões como fazer disso uma profissão e aumentar o círculo de amizades, bem como melhorar o convívio social, trabalhar o “fator timidez” e trocar experiências.
Em suma, são vários os benefícios notados por quem estuda Música, seja aprendendo a tocar um instrumento musical, seja cantando ou expandindo os conhecimentos sobre Músicos ou canções.
Que tal experimentar esse universo?
Eu sou suspeito pra falar, porque sempre digo que “tenho notas musicais correndo nas veias além de sangue”, mas fica o convite!
“Bora” tocar!
“Bora” cantar!
Jhou Batera //
Cabeludo
Jhonata Almeida

Nenhum comentário: