Solar

Solar

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

"Exageradas e fora de tom", diz Sartori sobre paralisação de servidores nesta quinta-feira


Apesar da paralisação de servidores estaduais da área da segurança, que está programada para a próxima quinta-feira em função do parcelamento dos salários, o governador José Ivo Sartori orientou a população a sair normalmente para as ruas. Em um entrevista de menos de cinco minutos à imprensa na manhã desta quarta-feira,o governador ressaltou que espera a guarida tanto dos policiais civis como militares:

—  A vida é normal, a vida continua e espero que todos cumpram o papel de bem servir a sociedade gaúcha. Eu respeito as manifestações, mas as considero exageradas, fora de tom — afirmou. 

Sartori disse ainda que o governo está fazendo a sua parte e que espera que todos os serviços sejam mantidos à população.

— Achei um pouco estranha essa manifestação, na medida que ela exagera na dose. Sabemos que existe uma movimentação no dia de amanhã (quinta-feira) e espero que isso não se confunda politicamente — disse.
Questionado sobre o parcelamento de salários, reafirmou que nenhum governo "gostaria de parcelar" os pagamentos aos servidores, mas que, em sua gestão, foi "transparente em colocar toda a situação" desde o primeiro dia. O Piratini projeta que os atrasos nos salários em todos os meses até dezembro.

— Pelo menos os servidores têm a garantia do serviço. É preciso olhar para os 11 milhões de pessoas que precisam dos serviços públicos — complementou após participar de evento da Associação Gaúcha das Emissoras de Rádio e Televisão (Agert).

No início da tarde, Sartori postou um vídeo em que afirma que servidores que desrespeitarem "as normas civis e militares" serão responsabilizados.

Nenhum comentário: