Solar

Solar

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Os manifestantes se reúnem na Esquina Democrática em Santiago nesta sexta-feira




Em Santiago, a mobilização será na esquina democrática, a partir da uma e meia da tarde, incluindo pronunciamentos e  informações à população em geral sobre o evento. Como forma de apoiar o movimento,  os servidores municipais foram serão liberados no período da tarde, com isso  não haverá expediente na prefeitura.

O   protesto é  contra as reformas trabalhista e da Previdência que tramitam na Câmara dos Deputados que podem ser votadas nas próximas semanas. A greve geral  é organizada pela Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Nenhum comentário: