Solar

Solar

quinta-feira, 8 de junho de 2017

VANDER SANTOS: É CHEGADA A HORA DE GRANDES E IMPORTANTES DECISÕES

O nosso País passa por um momento de suma importância em que serão tomadas decisões que podem mudar o rumo de nossa sociedade. Em razão disso entendi por conveniente e importante, na condição em especial de cidadão, expor sobre tal momento vivido por todos nós brasileiros.

Evidentemente que é chegada a hora de serem tomadas decisões de suma importância e relevância social, tendo reflexos múltiplos como na economia por exemplo.

Primeiramente começa o julgamento perante o Egrégio Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da chapa Dilma-Temer que pode ter desdobramentos decisivos que afetam diretamente a sociedade, sendo uma questão inédita de uma chapa que concorreu e ganhou as eleições para Presidência da República ser julgada podendo perder o mandato lhe outorgado pelo povo por crimes como abuso de poder econômico.

Além do mais há o pedido, ou melhor, os pedidos de impeachment do atual Presidente da República Michel Temer, da qual existem até então provas contundentes a despeito, sendo que existem inúmeras manobras partidárias para esbarrar tal pedido, que está nas mão do Deputado Rodrigo Maia do mesmo partido do Governo (PMDB), a decisão de receber e dar seguimento ou não.

Existem também, a reforma trabalhista e previdenciária, sendo veementemente defendida pelo Governo como extremamente necessária, sendo que no fundo é conta que está chegando para o povo, para o cidadão trabalhador.

É fato notório que o Brasil precisa em verdade é de uma reforma política e também de uma reforma tributária profunda, pois fácil é sacrificar o povo trabalhador, enquanto que houve o perdão de um débito relativo a impostos do Banco Itaú no valor de 25 Bilhões de reais que a poucos dias foi divulgado na imprensa.

Senhores é fato notório, que desde a entrada em vigência da Constituição Federal de 1988, que a mesma prevê em seu bojo de forma expressa que deverá ser estabelecido imposto sobre grandes fortunas por meio de Lei Complementar, sendo que até o presente momento não passam de meros projetos em papeis e expectativas trancadas em gavetas dos gabinetes de Deputados e/ou Senadores.

É chegada a hora de a sociedade expressar sua opinião e estar atenta as grandes decisões que serão e deverão serem tomadas, esperamos de forma correta em prol do povo, para que o nosso País siga em frente e se torne cada vez mais livre e com menos corrupção, com um governo que lute pelo bem do povo e não de uma minoria de classe alta.

Já aferi em colunas anteriores e friso novamente no sentido de que é chegada a hora de o cidadão expressar sua opinião e indignação externando-a, devendo sair da sua zona de conforto, deixando a condição de vítima e ser agente ativo do próprio destino e futuro e isso somente e será possível se o cidadão se ver como parte do problema, pois é uma mudança de cultura necessária.

Nenhum comentário: