Solar

Solar

sexta-feira, 14 de julho de 2017

Banhistas fazem corrente humana para salvar família de afogamento

Um grupo de nove pessoas que estavam se afogando em uma praia da Flórida foi salvo por outros banhistas que formaram uma corrente humana e conseguiram resgatá-los.
O episódio ocorreu neste último sábado (8) em uma praia de Panama City, localizada a mais de 570 km de Orlando. Segundo o jornal local “The Panama City News Herald”, mais de 80 pessoas teriam se juntado para criar a corrente humana e salvar o grupo que estava nadando em uma área muito afastada da costa.
"Eu realmente pensei que iria perder minha família naquele dia", afirmou Roberta Ursrey, uma das nove pessoas que foram resgatadas, ao "The Panama City News Herald".
Ela contou que ficou preocupada quando viu os dois filhos nadando em uma área muito afastada da praia, e começou a gritar pedindo socorro. Roberta, então, entrou na água para salvá-los, junto com o pai deles, um primo, a avó e mais três pessoas que se solidarizaram. No entanto, mesmo alcançando os garotos, o grupo não conseguiu resgatá-los e precisou pedir socorro.
Foi nesse momento que as pessoas que estavam na praia de Panama City perceberam o perigo e começaram a se mobilizar para salvar a família. De forma espontânea formaram uma corrente humana da areia até a do grupo à deriva, que naquela altura já estava a mais de 100 metros da costa. Duas filhas de Roberta também estavam na corrente humana. O esforço e a agitação foram tamanhos que uma mulher que contribuiu para a corrente acabou sofrendo um infarto e foi hospitalizada.
"Eu automaticamente pensei que eles tivessem visto um tubarão", afirmou Jessica Simmons, uma das pessoas que fez pare da corrente humana. "Eu corri de volta para a areia e meu marido veio ao meu encontro. Foi então que vi que alguém estava se afogando", declarou para o The Panama City News Herald.
Uma foto da corrente humana ainda na agua foi postada nas redes sociais, se tornando rapidamente viral.

Nenhum comentário: