Mercado Melo

Mercado Melo

domingo, 16 de julho de 2017

Guri de Uruguaiana fala sobre o novo filme do Homem-Aranha


Buenas! Nesta semana, fui ao cinema assistir ao filme do Homem-Aranha, o super-herói amigo da vizinhança. Apesar de simpatizar com o vivente, confesso que não serviria para o papel. Até gosto da ideia de ser um super-herói, o problema é ser amigo da vizinhança!
Meu vizinho é mais chato do que chinelo de gordo. Todo domingo de manhã, ele me acorda escutando funk no último volume. Até já sei o presente que vou dar pra ele de Natal: um fone de ouvido!

Depois, ao meio-dia, ele faz um baita churrasco, daqueles que levanta um cheirinho gostoso por cima do muro. Parece que faz de propósito, só porque sabe que eu não tenho dinheiro nem pra um churras de mortadela. 

Igual ao vizinho

Outro dia, o bagual veio reclamar que eu estava usando o wi-fi dele. Mas usar a internet do vizinho não é roubar. Não pedi pro sinal dele entrar na minha casa, invadindo a minha propriedade privada.

Outro dia, a minha patroa veio reclamar: 

— Tu devia ser igual ao vizinho! Todos os dias, ele chega do trabalho e dá um beijo apaixonado na vizinha! 

Eu respondi:

— Não seja por isso. Vou fazer igual! Pode chamar a vizinha! Que barbaridade!
                                                       Fica ligado, vivente!Foto: Divulgação / Artebiz

Nenhum comentário: