Solar

Solar

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Produtor de trigo deverá ter à disposição crédito de R$ 500 milhões

Para ampliar a produção e garantir o abastecimento interno de trigo, o governo federal deve liberar R$ 500 milhões de recursos para o plano safra das culturas de inverno. Os detalhes foram acertados nesta quinta-feira em reunião dos ministérios da Agricultura e da Fazenda e, até o dia 28, a proposta deve ser enviada para a aprovação do Conselho Monetário Nacional (CMN).
Além do crédito, o governo promete reforçar o seguro agrícola, que deve ter recurso entre R$ 80 milhões e R$ 90 milhões, alterar o zoneamento para o trigo, ampliando o tempo de plantio, e reajustar entre 6% e 9% o preço mínimo da cultura, que hoje é de R$ 501 por tonelada para o tipo 1 da variedade pão. Secretário de política agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller ainda não sabe estimar quanto da verba será destinada para o Rio Grande do Sul, mas informa que a maior parte será dividida entre gaúchos e paranaenses. A preocupação maior é garantir matéria-prima às indústrias depois da quebra na safra passada do cereal. No Estado, conforme a Emater, a perda chegou a 31% por causa de problemas climáticos.

Nenhum comentário: