Solar

Solar

terça-feira, 14 de março de 2017

Alguns assuntos em pauta na última sessão da câmara santiaguense nesta segunda-feira 13 de março.

Vereador Décio Loureiro do PP: mostrou preparo na questão polêmica do fechamento da escola municipal Aurora Lubnon, bairro Gabirova, o fato é que não vai fechar a escola, mas sim serão fechadas turmas com menos de 12 alunos, apresentando inclusive dados técnicos, que o assunto vinha sendo debatido desde 2015, que os alunos serão remanejado dentro do que alei permite, ressaltou que outras escolas já passaram por este processo no passado e que hoje estão novamente com todas as turmas.

Vereador Batista PP: trouxe para a tribuna o assunto que até então parecia adormecido e chamou a imprensa para o assunto, questão do HIV o vírus da Aids em nossa comunidade, alertou que são em torno de 700 casos confirmados no município, dado preocupante. Parabéns vereador por abordar tema de tamanha importância.

Vereador Gildo PP: levou em pauta o início do saneamento básico em nossa comunidade, que executivo e Corsan precisam começar dar andamento no processo para iniciar as obras.

Demais tudo dentro da normalidade, tirando que já se passaram três messes após as eleições e não vi ainda nada do legislativo na tribuna no que se refere a projetos para geração de empregos, projetos que busquem investidores para o nosso município, não podemos esquecer que esta foi uma das moires reivindicação da nossa comunidade, sei que são apenas três messes de mandato, mas nada ainda direciona para este caminho.


Outro fato que me chamou atenção foi a questão do vereador Gildo PP, na sessão anterior ter se manifestado de forma indelicado e preconceituosa, quanto as mulheres na presidência da república, onde tem duas mulheres representando a classe feminina no nosso legislativo, mais ainda numa data onde se referenciava a importância da mulher em nossa sociedade, o dia Internacional da Mulher, o fato passou batido por elas e seus colegas de tribuna, sem nenhum questionamento quanto ao seu comportamento machista, só não entendi o porquê do silêncio de todos, isto me assusta, me faz pensar que estamos retrocedendo a velhos vícios políticos...   

Nenhum comentário: